Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Bonequeira.

MP da Liberdade Econômica, que está tramitando batido na Câmara dos Deputados, estabelece o licenciamento ambiental automático por decurso de prazo, ou seja, se o órgão licenciador não se manifestar em um determinado tempo, bummmm, tá licenciado.

É interessante saber que, muitas vezes, a demora no processo se deve a um serviço de baixíssima qualidade prestado pelas empresas de consultoria – falta de informações, documentos, etc. E que o desmantelamento dos órgãos de licenciamento com poucos técnicos, baixa disponibilidade de veículos, combustível e diárias para vistorias de campo, aumenta ainda mais o conveniente argumento pela celeridade. Instituto Curicaca.  (Em 14.08.2019).

Clique aqui e saiba mais.

O texto-base na da medida provisória da Liberdade Econômica, aprovado na noite desta terça-feira (13) no plenário da Câmara, cria um tipo de autorização para funcionamento de empreendimentos que pode, na prática, servir como uma modalidade de licença ambiental automática. A avaliação é do deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara. (  

Clique aqui para saber ainda mais.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (13) o texto-base da MP da Liberdade Econômica. Apelidada de minirreforma trabalhista pela oposição, a medida provisória foi aprovada por 345 votos a 76 com uma abstenção, após perder pontos polêmicos como a anistia das multas da tabela de frete e o fim das regras trabalhistas para quem ganha mais de 30 salários mínimos. O trecho mais questionado pelos deputados, que é a liberação dos trabalhos aos domingos e feriados, contudo, foi mantido. Essa e outro tema deve ser debatido nos destaques, que serão votados nesta quarta-feira (14). Veja abaixo como os deputados votaram.

O texto-base da medida provisória, que agora precisa ser aprovada pelo Senado até o próximo dia 27 para não caducar, foi votado nesta terça graças a um acordo costurado entre os deputados e o governo. Depois de criticar os excessos da medida provisória, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pediu que o relator tirasse alguns pontos que não constavam no projeto inicial do governo e concordou com o pedido da oposição de fazer votação nominal em todos os destaques que foram apresentados ao texto. (  

Clique no nome do Chargista e conheça mais sobre ele:  Genin.

Bom dia!

Semestre I cheio, acabei recolhendo um pouco as publicações, quando vi – era semestre novo. Vou tentar manter mais frequência!

Até Deus Duvida!

Em termos macros, no país, estamos com “isso daí”, vivendo esse momento estarrecedor. Não consigo encontrar uma palavra menos impactante do que essa, porque é assim que me sinto. Creio que o que estamos vivendo são momentos estarrecedores! Como me passei muito nas publicações, não tenho como resgatar tudo aqui. Porém, sugiro algumas leituras importantes, que registraram esses momentos tais como: Jornal On line Sul21, Blog da AGAPAN, Blog da APEDEMA-RS, Coletivo Catarse, Folha de São Paulo, Jornal do SINPRO – Extra Classe, dentre outros.

Para hoje, o que temos?A que ponto chegamos?!

Socializo o Mini Documentário produzido pelo Sul21  “sobre a mobilização de comunidades do RS contra grandes projetos de mineração que pretendem se instalar no estado. O lançamento aconteceu no Instituto Goethe em Porto Alegre durante o debate sobre os impactos da mineração.” Publicado em Publicado em 8 de ago de 2019.

E daqui para frente?

Vamos manter a esperança!

Whiskered Treeswift (Male&baby) by Chan Icebing.
Photo in the Japanese Garden, Bukit Tinggi, Kuala Lumpur, Malaysia.

 

Repasso recado de meu amigo – santinho e palhaço – Franco Vasconcellos:

Franco Vasconcellos – Doutor em amor e graça!

Boa tarde
Como sabem, sou um palhaço, casado com uma palhaça. Nosso trabalho ganhou uma dimensão que não imaginávamos.

O grupo, no Estado, foi convidado para formar nova turma na cidade de Maputo, Moçambique.

Eu e a Carla recebemos convite para irmos.

Todo o trabalho ocorre de forma voluntária – ninguém tem dinheiro pra nada, nunca.

Começamos, hoje, uma vaquinha virtual. Se algum de vocês puder colaborar ou divulgar, agradecemos.

Não é uma graça? Eu já contribuí – agora – vamos lá – você é o próximo ou a próxima. Clique aqui!

e PARA CONHECER ESSA PALHAÇADA AMOROSA – CLIQUE AQUI!!

Abençoa, Senhor, as famílias, Amém – e a minha também! Todas as famílias!

Lançamento do livro da Schariza BarberenaO SOL VEIO PARA PARTIR.  Sucesso!!!

(A quem desejar adquirir o livro: rossyr@editoraalcance.com.br / schariza@gmail.com )

Schariza Barberena Foto Ed. Alcance

Veja TODAS as fotos e assista o vídeo da festa: 

 

Leonardo Melgarejo – UFFS/Erechim – Agrotóxicos e Agroecologia em debate

Confira!

Registros do Seminário regional sobre os impactos dos agrotóxicos e dos transgênicos – UFFS/NAAU. (Realizado nos dias 11 e 12 de junho de 2019).

Fragmentos: Abertura:  Ingrid Margarete Giesel, Coordenadora do CAPA – Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia; “Impactos dos agrotóxicos”, com o engenheiro agrônomo Leonardo Melgarejo (vice-presidente Região Sul da Associação Brasileira de Agroecologia/ABA e membro da Associação Gaúcha de Proteção ao Meio Ambiente Natural/AGAPAN); e “Impactos dos agrotóxicos na água”, com a bióloga Cláudia Santin Zanchett (Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano/Vigiagua/Ministério da Saúde), 11a Coordenadoria Regional da Saúde (CRS/Erechim)

Imagens no vídeo da manhã e Edição: Profa. Ana Carolina Martins da Silva – Uergs/Erechim; Imagens da Mesa de Abertura:  Gabriela Mariga, Acadêmica de Gestão Ambiental/Uergs;  Imagens da tarde: Assessoria do Vereador Lucas Farina (Erechim/RS). Local: Universidade Federal da Fronteira Sul – Auditório do Bloco A. Erechim/RS.