Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Bonequeira.

Segundo texto divulgado pela Assessoria do Vereador Marcelo Sgarbossa:

Com 16 votos contra e 12 favoráveis, a Câmara Municipal de Porto Alegre​ REJEITOU o projeto de Lei 206/14, do vereador Marcelo Sgarbossa​ (PT). Ao longo deste ano, cerca de 500 pessoas enviaram emails pressionando pela aprovação da proposta, que cria o programa Composta Porto Alegre. Clique aqui para conhecer melhor o Programa.

 

“Há uma insensibilidade do Legislativo Municipal com as demandas da cidade e da urgência de ações sustentáveis. Rejeitar uma iniciativa que traria inclusive economia  para o Município  não é aceitável. Nós seguiremos propondo e reapresentando projetos que busquem construir uma cidade mais humana”, concluiu Sgarbossa.

Para  saber como votaram as vereadoras e vereadores,  clique aqui e veja a lista completa de votação, disponível também nos comentários.

No mínimo, desesperador.

Mais de 60% dos resíduos são compostáveis

Diariamente 1.200 toneladas de resíduos são levadas de Porto Alegre ao aterro que fica há 100 km, em Minas do Leão. E 61% desses resíduos são compostáveis e poderiam ter outro destino bem mais sustentável.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: