Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Bonequeira.

Arquivo para a categoria ‘Deus é fiel’

Por que você chora?

Anúncios

Cristãos contra o fascismo!

Amém!

Obrigada, São Francisco.

Obrigada, Franciscos de todos os tempos.

Eleições na Uergs – 2018.

Quatro anos passaram! (diria: voaram). A Uergs, mais uma vez na festa da democracia: dia 08 de junho (sexta-feira) foi o último dia para inscrições de chapas para as eleições de reitor/a e vice-reitor/a. Desejamos felicidades e muita energia às chapas inscritas.  Sabemos que o processo todo será de forma tranquila e seremos exemplo em debates e potencializações nas questões que nos movem enquanto universidade, discutindo propostas de gestão. (Arisa Araújo da Luz – Reitora da Uergs)

Muito ouvi durante esses quatro anos a expressão “tua reitora”, porque apoiei a chapa da atual Reitora com vídeos e com a manutenção de um blog. Clique aqui para conhecer o blog de campanha da profa. Arisa e da profa. Eliane. Bem, estamos encerrando os quatro anos de mandato da “MINHA REITORA” e só tenho a agradecer pela disponibilidade das colegas por conduzirem os destinos de nossa IES por esse período. Parabéns, Profa. Arisa e equipe. Muito obrigada.

Recordar é viver! Aqui estão os vídeos da “minha/nossa” Reitora.

Publicado em 04/08/2014 – Campanha Arisa e Eliane para Reitoria UERGS 2014 2018 –

Clique aqui.

Publicado em 06/08/2014 -Campanha Arisa e Eliane para Reitoria UERGS 2014 2018  V.2-

Clique aqui.
Publicado em 15/08/2014 – ARISA E ELIANE RESPONDEM – Reitoria UERGS 2014/2018 –

Clique aqui.
Publicado em 08/10/2014 – CHAPA 2 – Reitoria da UERGS 2014-2018 –

Clique aqui.
Publicado em 15/10/2014 – CHAPA 2 Pró Reitores e Coordenadores de Áreas 7 9 2014 –

Clique aqui.
Publicado em 23/10/2014 – Homenagem São Luiz Gonzaga para Arisa Araújo da Luz – Nova Reitora da UERGS

Clique aqui.

A Assessoria de Comunicação da Uergs realizou vídeos com os colegas das três chapas que concorrem à Reitoria de nossa IES – que Deus os abençoe ricamente: Clique aqui para ver os vídeos no site da Uergs.

Chapa 1

Chapa 2

Chapa 3

 

Dia de aniversário!

Bom dia. Óbvio – é aniversário – estou pensando nisso desde que acordei. Bem – comecei a fazer o “tal balanço da vida” e, apesar das dificuldades, sinceramente, só tenho a agradecer – a Deus, à vida e a todos e todas os que estão no meu entorno. 54 anos, pois é… “Deixa a vida me levar!”

Agradeço a Deus as graças alcançadas!

Hoje é domingo e os sinos já tocaram. Dia de Igreja. Moro entre duas Catedrais: a Católica e a Metodista. Dois templos humanos de busca de uma compreensão transcendental da vida. diferentes interpretações do mesmo livro, que – por própria concepção – é uma soma de livros.  Penso que ia acabar assim mesmo, fazendo um contrato social e filosófico baseado em um livro e em revelações e fé. Hoje é domingo e, à tarde, vou visitar minha mãe, meu pai e minha irmã. Três vidas que já estiveram em perigo e por quem me prostrei sinceramente pedindo a intercessão de Deus – e fui atendida. Vejo minha mãe retomando a corzinha dos lábios, minha irmã na cozinha, zelosa, ajeitando os mil cuidadinhos e, meu pai, na sala, lendo adormecido o seu jornal que nunca termina e penso – obrigada, Senhor. Muito obrigada. Hoje é domingo – domingo de carnaval – eu ia até à Catedral Metodista, com quem compartilho minha fé, mas – com o final do ano tão trabalhoso, em todos os sentidos – alguns afazeres ainda ficaram para trás, sobre os quais tenho me debruçado, entre cuidados com minha mãe convalescente e minha angústia existencial. Não é pouco, Deus, Tu sabes isso. Não é muito, mas como eu ando pouca, parece sempre denso. Começo essa oração de forma esquisita, pois me sinto devendo quando não vou na Igreja no domingo, ainda mais quando estou recebendo tanto e tanto. Em Mateus 5.6-8, “Como se deve orar”, o Livro diz que devemos orar em secreto, mas nos tempos atuais, para agradecer, me sinto no dever de orar em público. Dar esse reconhecimento, não “como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens.” Mateus 6:5. mas, sim, como alguém que diz: Muito obrigada. Deixando esse agradecimento e esse testemunho para serem vistos por homens e mulheres, para que saibam que há um caminho e um porta aberta, sempre que o desespero bater, mas há também uma responsabilidade com essa porta, quando o desespero passar. A responsabilidade é a de colocar o seu coração no céu. Isso eu já fiz. Amém. Deus amado, muito obrigada por me fazer dormir, quando as questões humanas me dão insônia; obrigada por me mostrar a luz, quando os desmandos dos que estão agindo contra a natureza e a vida me lançam – e lançam a todos os outros – nas trevas; Obrigada por me manter convicta de que se buscar, eu acharei. Às vezes, meu Deus, falta-me paciência para o tempo que requer essa busca, então, penso que o Teu tempo corre numa velocidade diferente da minha. Querido Deus, agora, nos mais diferentes templos que se construíram em teu nome, alguns estão pregando de coração puro; outros, enganando as pessoas e tentando iludi-las, usando a Palavra que, por vezes, é de difícil compreensão. Deus, separa o joio do trigo de tua igreja e mantém apenas aqueles que lutam pela vida e pela vida em abundância. 15 “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Mateus 7:15

Deus, se puderes, me proteja e me dê forças para enfrentar esse isolamento que se estabeleceu e que não entendo a razão. Está nas tuas Mãos e de Teu Santo Filho, nosso amado Jesus. Amém.

Confirmação de Votos de comunidade de fé.

Catedral Metodista de Porto Alegre

Catedral Metodista – Pr Flávio T. Antunes.

Catedral Metodista – Pr Flávio T. Antunes.

Momentos muito especiais de confirmação de Fé. Meu querido Pr. Flávio Trindade Antunes ministrou o Ato Litúrgico de minha confirmação de Votos como membro da Igreja Metodista. Na foto, o Pr. Flávio, mais meu querido amigo Sylvio Nogueira, minha filha Anelise De Cesaro, eu – de mãos dadas com minha madrinha de Fé, D. Vera e seu querido esposo – e meu padrinho, Sr. Ilzo. Presença mais do que especial do acadêmico de Letras Luiz Eduardo Menezes Gomes, meu aluno, ex-bolsista e meu amigo.

Todos como testemunhas de minha entrega à vida e à obra de Jesus Cristo. Amém.