Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Ativista Social. Bonequeira.

Arquivo para a categoria ‘Entrevistas’

Já está no “ar” o vídeo do 3º Encontro: “A Tragédia dos Comuns e a Gestão do Espaço Urbano” (17/08/2018)com Francisco Milanez (AGAPAN/APEDEMA-RS)

O  urbanista Francisco Milanez  (AGAPAN) – Mestre e Doutorando em Educação em Ciências. Arquiteto, biólogo e terapeuta – atuando sob a indicação da APEDeMA-RS; e o Prof. Dr. Celmar Corrêa Oliveira apresentam o 3º encontro do ciclo de palestras e debates em torno da obra “A tragédia dos Comuns” (HARDIN, 1968): “A Tragédia dos Comuns e a Gestão do Espaço Urbano”.

É importante destacar que esse Encontro será em Agosto, após o retorno letivo da Uergs, no dia 17/08/2018. Também importantíssimo registrar uma ERRATA: Citei esse como o último encontro, mas o Ciclo de Palestras prevê 06 (seis), os quais já estão sendo organizados pelo Grupo de Pesquisa da Uergs, sob a Coordenação do Prof. Celmar, e estarão sendo divulgados nesse canal assim que confirmados palestrantes e datas.

Clique aqui para ver o Prof. Dr. Leonardo Beroldt e Prof. Dr. Celmar Corrêa Oliveira apresentando o 2º Encontro do ciclo de palestras e debates em torno da obra “A tragédia dos Comuns”  Hardin (1968): “A relação da Tragédia dos Comuns com o Desenvolvimento Regional” – ocorrido no Dia 29/06/2018, no Campus Central da Uergs.

Prof. Leonardo Beroldt e Prof. Celmar Oliveira (Uergs)

Clique aqui para conferir a apresentação do Prof. Dr. Celmar Corrêa Oliveira sobre os três encontros do ciclo de palestras e debates : “A Tragédia dos Comuns Hoje: Seu Legado no Desenvolvimento de Políticas Públicas” – Uergs/Porto Alegre. Promoção: Grupo de Pesquisa Políticas, Gestão Pública e Desenvolvimento Uergs/CNPq e Mestrado em Ambiente e Sustentabilidade da Uergs. Apoio: CARAV e APEDEMA/RS.

Prof. Celmar Oliveira e Prof. Ricardo Letizia (Uergs)

Fotos dos Encontros a cargo de Diego Françoes de Souza, graduando em Administração Pública da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, bolsista do Projeto.

Anúncios

Dionil Machado Pereira – UPPAN – Dicas Ecológicas para pensar sobre as Eleições/2018.

Vídeo integrante do Projeto: “A Ecologia e as eleições de 2018”, que visa popularizar ideias, dicas e atitudes de ecologia para pautar os planos de governo a serem apresentados; e as tomadas de decisão de voto nas eleições de 2018.

Dionil Machado Pereira UPPAN

Os vídeos contam com importantes parcerias dentre ONGs filiadas à APEDEMA-RS, bem como, outros Movimentos Sociais, docentes de Universidades e pessoas das mais diversas tendências filosóficas que se preocupam com um Plano de Vida Plena e Sustentável para todos. A promoção do Projeto é uma ação conjunta entre as ONGs Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (Passo Fundo/RS) e Associação São borjense de Proteção ao Ambiente Natural (São Borja/RS).

CRÉDITOS

Audio via whatsapp: Dionil Machado Pereira -UPPAN – União Pedritense de Proteção ao Ambiente Natural/Dom Pedrito/RS

Imagens: Redes Sociais; Foto com logotipo do WhatsApp: Justin Sullivan – Gettyimages980.

Edição: Ana Carolina Martins da Silva -GESP- Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas/Passo Fundo/RS; ASPAN- Associação Sãoborjense de Proteção ao Ambiente Natural/São Borja/RS

Trilha Sonora: Coberta de Alma – Ivan Therra (Gentilmente cedida pelo artista para uso desse Canal)

Porto Alegre-RS – 02/07/2018

Clique aqui e assista também o Vídeo 1 desse Projeto: Plataforma da SOS Mata Atlântica para as eleições 2018 – Mário Mantovani. Para acessar a Plataforma da SOS Mata Atlântica, Clique aqui.

Mário Mantovani SOS Mata Atlântica

Demarcação Já! Etnocídio e genocídio – até quando?

O advogado ambientalista Pedro Bigolin Neto tem sido um estudioso sobre a questão indígena e sua não-cidadania no Brasil. Em conversa, me recomendou um vídeo e duas leituras. Informações conhecidas desde aquele tal de 1500, mas que se repetem, se repetem, como a difícil vida dos povos Guarani Kaiowá no Mato Grosso Sul. Protagonistas do livro do Antropólogo Bruno Martins:  “Do corpo ao pó”, da Editora Elefante, são vítimas – segundo Martins – de um “etnocídio e um genocídio“, resultado de uma política de “extinção de uma cultura e de um povo” promovida pelo Estado Brasileiro. Clique aqui para ler a reportagem completa do site SPUTINIKNEWS sobre o tema. Lá também podem ser encontrados vídeos com mais informações.

Espremidos pelo latifúndio e pela monocultura, os indígenas se mobilizaram para ocupar terras e acelerar processos de demarcação. Enquanto os Guarani Kaiowá utilizam o termo retomada, os ruralistas chamam os episódios de invasão.

O antropólogo Bruno Martins diz que as “as retomadas são a opção de um povo que não quer abrir mão de sua identidade cultural”. ( Thales Schmidt – 

A canção indicada pelo advogado Bigolin Neto, “Demarcação Já!”, fala por si e reúne mais de 25 artistas em militância de arte pelos povos indígenas do Brasil. Pelo direito à terra, pelo direito à vida! #DemarcaçãoJá.

 

Vídeo novo: Chegou o Mapa da Cidade Baixa

Confira!!

Ayres Cerutti faz a presentação do Mapa PROGRAMA do Bairro Cidade Baixa de Porto Alegre/RS. Percorre ruas e conta histórias. Conheça mais sobre Turismo na Revista Programa – Há 43 anos promovendo o turismo gaúcho!


CRÉDITOS
Imagens e edição: Ana Carolina Martins da Silva e Ayres Cerutti
Trilha: “Firely” de Quincas Moreira. Disponível na Biblioteca de Audio do Youtube
Local: Centro Histórico e Cidade Baixa – Porto Alegre/RS
MAPA: Revista Programa – Editora Intermédio/RS.
Porto Alegre – 31 de maio de 2018.

 

Registro da Aula Inaugural do Curso de Letras da Uergs – 2018

Registros do dia 20 de abril de 2018 – aula inaugural do Curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa da Uergs – com o tema “A mulher e suas jornadas”. Participaram do evento a escritora Valesca de Assis (Patrona da Feira do Livro de POA 2017) e a professora Dóris Fiss (UFRGS).

CRÉDITOS: EDIÇÃO E IMAGENS EM MOVIMENTO: ANA CAROLINA M.S.

FOTOS: ANA CAROLINA, LUISA PEDROSO E RÔ MEYER.

LOCAL: ANFITEATRO DO CAMPUS CENTRAL DA UERGS – POA

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO: DISCENTES E DOCENTES DO CURSO DE LETRAS DA UERGS. TRILHA SONORA: BIBLIOTECA DE AUDIO VIRTUAL YOUTUBE – Mídia Livre: Parkside – Dan Lebwitz; Campfire Song – Chris Haugen 2018

 

É HOJE – HOJE ABREM AS INSCRIÇÕES PARA O EVENTO DA UERGS NA 62 FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE!

Pelo quarto ano consecutivo, Uergs promove atividades na Feira do Livro de Porto Alegre.

Fonte: site oficial da Uergs.

A Uergs participará mais uma vez da Feira do Livro de Porto Alegre, que este ano ocorrerá de 28 de outubro a 15 de novembro, em sua 62ª edição. A proposta da Universidade é estimular práticas leitoras em múltiplas linguagens e bibliodiversidade, tema que será explorado por meio de conversas com autores, oficina e outras atividades como jogos, leituras em grupo, teatro e exposições.

UERGS folder_feira_do_livro_04-10_final-01

A programação da Universidade na Feira será realizada nos dias 4, 5, 11 e 12 de novembro. Os destaques são as atividades em comemoração ao centenário de João Simões Lopes Neto, a Oficina de formação na arte do Teatro de Bonecos, ministrada pelo bonequeiro João Francisco Costa, da Associação Gaúcha de Teatro de Bonecos (AGTB), e a participação dos professores João Carlos Arendt e Rejane Pivetta, coordenadores do Doutorado em Letras da Associação Ampla da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter).

UERGS folder_feira_do_livro_04-10_final-02

A coordenadora do projeto de extensão que oportuniza a participação da Uergs na Feira, Ana Carolina da Silva, explica que a escolha do tema está associada à multidisciplinaridade do ambiente acadêmico e a uma discussão mais ampla que envolve organizadores de Feiras do Livro em todo o país.

“Bibliodiversidade foi um termo lembrado pela Sônia Zanchetta, da Câmara do Livro, e que surgiu dentre os livreiros, atingindo um debate nacional, sobre a questão das Feiras evitarem abordar apenas os cânones e os best sellers, para que seu público tivesse acesso aos mais diferentes autores, temas, formatos, preços e etc. De nossa parte, resolvemos usar o termo associando à multidisciplinaridade existente no ambiente acadêmico, integrando todas as áreas”, esclarece.

preparacao-da-uergs-para-62-feira-do-livro-de-porto-alegre

Inscrições

A programação está dividida em três locais: Biblioteca Pública Municipal, Livraria Paulinas e Memorial do Rio Grande do Sul. As inscrições estarão abertas de 13 de outubro a 4 de novembro e deve ser feita mediante preenchimento de formulário.

O evento é aberto ao público e, após as atividades presenciais, os participantes poderão ampliar conhecimentos sobre os assuntos abordados, esclarecer dúvidas e complementar a carga horária para certificação, participando de atividades em EaD.

Quatro anos de participação na Feira do Livro de Porto Alegre

Ana Carolina conta que este projeto de fomento e promoção da leitura começou com o curso de Especialização em Teoria e Prática da Formação do Leitor, em 2013. “Neste sentido, acabou construindo uma trajetória mais ligada aos setores da comunicação, da biblioteconomia, letras e similares. Agora, em sua 4ª edição, escolheu-se um tema que envolvesse todos os segmentos da Uergs, que se divide em: Área das Ciências Humanas; das Ciências da Vida e do Meio Ambiente e das Ciências Exatas e Engenharias”

sonia-bernardo-ariel-luiz-eduardo-ac

Nesta edição em que amplia sua abrangência, foram convidados oficineiros das áreas das Humanas e das Engenharias, tanto da Uergs, quanto convidados. “Para o próximo ano, já se estuda um formato alternativo, de maneira a abarcar todos os segmentos”, adianta a professora. (Projeto aprovado pelo PROEXT 2016/1.

Serviço

Uergs na 62ª Feira do Livro de Porto Alegre

Tema: Práticas leitoras e múltiplas linguagens e Bibliodiversidade.

Período: 4, 5, 11 e 12 de novembro.

Carga Horária: 30h (20h presenciais e 10h em EaD).

Locais: Biblioteca Pública Municipal, Livraria Paulinas e Memorial do Rio Grande do Sul.

Inscrições: de 13 de outubro a 4 de novembro, mediante preenchimento doformulário de inscrição

Coordenação: Ana Carolina Martins da Silva

Contato: anacarolina.livre@gmail.com

UERGS cartaz_feira_do_livro-04-10-final-01

Mario Quintana- 110 anos: Casa de Cultura tem programação especial

O nascimento do “poeta das coisas simples” completa 110 anos neste sábado (30), e a Casa de Cultura que leva seu nome preparou uma programação em sua homenagem. Nascido em Alegrete em 1906, Mario Quintana se mudou para Porto Alegre aos 20 anos para estudar, e viveu na cidade até sua morte, em 1994. Clique aqui e leia esta Reportagem completa do SUL21.

Uma recordação da CCMQ.

Registro de um passeio com Ayres Cerutti na Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mário Quintana (CCMQ) em Porto Alegre/RS.
O Entrevistado foi o Operador Cinematográfico: Paulo Hart. Os textos de Pesquisa são da Cinemateca Paulo Amorim e Romeu Grimaldi 

O áudio apresenta um fragmento do Trailer do Filme: A grande beleza (La Grande Bellezza — Europa Filmes/2013). e uma maravilhosa reprodução do som de um Projetor antigo de cinema: Old Film Projector-SoundBible — Mídia Livre; A Foto do Espaço Romeu Grimaldi é de Divulgação CCMQ.

Dica de Turismo: Revista Programa/RS
Imagens e Edição: Ana Carolina Martins da Silva
Gravado em Porto Alegre/RS, no dia 06.07.2014, com uma câmera Cyber-shot Sony.