Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Bonequeira.

Arquivo para a categoria ‘GRITOS DE LIBERDADE’

Semana da Biodiversidade na Uergs/Erechim-2020: Encontro com Paulo Brack.

O Curso de Gestão Ambiental, da unidade da Uergs em Erechim, promoveu eventos alusivos à Semana da Biodiversidade pelo Google Meet (Imagens e áudio originais gerados automaticamente).  Aqui o registro da palestra/encontro de abertura, do dia 20/05/2020, com o Prof. Dr. Paulo Brack – Biólogo e Mestre em Botânica (UFRGS) e Doutor em Ecologia e Recursos Naturais (UFSCar). Professor do Departamento de Botânica da UFRGS e Coordenador do Grupo INGÁ – Ong protetora do meio ambiente. Clique aqui para ler um texto publicado pelo prof. Brack sobre o mesmo tema no jornal on line Sul21. 

A Promoção foi da Disciplina de Produção Textual – Profa. Dra. Ana Carolina M.Silva, apoiada pelo Curso Bacharelado em Gestão Ambiental da Unidade da Uergs em Erechim, em especial, Prof. Dr. Roberto Fontaneli e Profa. Dra. Saionora Salomoni, AGAPAN e INGÁ – Ongs Ambientalistas do RS.

O evento foi prestigiado por ambientalistas, acadêmicos edocentes da Uergs e, da Unijui, acadêmicos acompanhados pela professora Francesca Werner Ferreira, professora do curso de Ciências Biológicas da Unijuí, é bióloga com mestrado e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Representante da AIPAN na Coordenação da APEDEMA-RS.

Outros participantes importantes, que agregaram valor e conhecimentos ao momento:

Francisco Milanez é nascido em Porto Alegre, onde é educador ambiental, arquiteto, biólogo e membro da AGAPAN e ECOFUND; Carlos Eduardo Sander: ativista cultural,  ecologista, do Projeto Por Falar em Ecologia, de Passo Fundo/RS; Adelino Carlos Maccarini, que possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade de Passo Fundo (1986), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo (1998), ênfase em Hidráulica e Saneamento e doutorado pela Universidade Federal do Paraná (2016), ênfase em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambiental e Flávia Biondo da Silva, que possui graduação em Ciências Biológicas LP pela Universidade de Passo Fundo (1993), graduação em Ciências Biológicas Bel pela Universidade de Passo Fundo (1995) e Mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2005). Atualmente é técnico responsável do Museu Zoobotânico Augusto Ruschi do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Passo Fundo, voluntária do Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas e professora do Curso de Tecnólogo em Gestão Ambiental da Faculdade Ecoar/ Fac. Portal. Luciele Souza – Membro na empresa Arca dos Bichos Porto Alegre, voluntaria na empresa Agapan. e Parceira na empresa Brick Animal – Miautlet

Muito obrigada aos Acadêmicas e acadêmicas da Uergs e da Unijui/RS.

A edição do vídeo e áudio para esse formato foi da Profa. Ana Carolina Martins da Silva, e a trilha sonora é “After You” – Dan Lebowitz – Biblioteca livre de áudio do Youtube.

Em breve, o vídeo com o registro do Sarau do Bruce Medeiros – o evento do dia 22/05/2020 – Dia da Diversidade Biológica. Clique aqui e confira também o canal da AGAPAN com suas Lives sobre Sobrevivência em tempos de COVID-19.

Aldir Blanc – estou de coração partido

 

Aldir Blanc Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO

Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO

Estou aqui arrasada com a morte do Aldir Blanc. Ontem à noite, postei o texto da prova do Curso Ead de São Paulo que estou fazendo e dei como título: EAD: O Brazil não conhece o Brasil. Então, ouvi a música de novo, coloquei link quando mencionei a música para o endereço da wiki onde estão os dados da canção. Bah – estou mesmo muito sentida.

Feliz Páscoa com Thiago de Mello e os Estatutos do Homem

Nesse período de difícil isolamento físico e de profunda aproximação social, desejo a todos e a todas uma Feliz e renovadora Páscoa. Que os valores da vida permaneçam e os episódios da morte nos façam pensar sobre e seu significado, nos colocando no nosso verdadeiro lugar em relação à natureza – como membro de uma rede maior. Grande abraço!

Ofereço a todos e a todas o trabalho de nosso acadêmico de Letras da Uergs – Tiago Pedroso – que num incentivo literário do prof. Gilmar Azevedo, nos convidou para participar desse lindo momento! Diz o Tiago em seu canal do Youtube:

Este poema histórico feito em 1964 pelo poeta Thiago de Mello, para Carlos Heitor Cony, foi o “mote” da Constituição Cidadã de 1988. Proposta do professor Gilmar de Azevedo, participaram deste vídeo as crianças Luiza e Maitê Pedroso, estudantes e professores do Curso de Letras da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Uergs mencionados abaixo na ordem das suas falas.

Art. 1 – Gilmar de Azevedo – Art. 2 – Tiago Pedroso – Art. 3 – Ana Maria Bueno Accorsi – Art. 4 – Magali de Moraes Menti – Art. 5 – Ana Carolina Martins da Silva – Art. 6 – Lisiane Panasink – Art. 7 – Vinicius Suris – Art. 8 – Sandra Michelle – Art. 9 – Martha Hoppe – Art. 10 – Ester Batista Machado – Art. 11 – Vivian Rodrigues Dornelles – Art. 12 – Luciane Simoes – Art. 13 André Araújo – Art. Final – Lindsayara de Oliveira.

Grande abraço.

 

Apoie a campanha #CasanatResiste #AmigosDaTerraExiste

Histórico publicado pelo NAT em 6/3/2020:

A Casanat (Centro de Arquitetura Socio-Ambiental para o núcleo Amigos da Terra) está localizada na Rua Olavo Bilac, 192, no bairro Cidade Baixa, Porto Alegre/RS. A edificação, com mais de 80 anos e que já abrigou uma escola, foi cedida à organização pelo Patrimônio da União para uso gratuito em 2004.

À época, a casa estava reduzida a ruínas – apenas a fachada restava em pé, precariamente. Diversas etapas de reformas, mutirões e mobilização de associadas/os apoiadoras/es, profissionais e núcleos de universidades foram necessários até que o imóvel passasse a funcionar como sede permanente da Amigos da Terra Brasil. Hoje, recuperada, a Casanat é centro de referência do ambientalismo em meio urbano.

Apoie a campanha #CasanatResiste #AmigosDaTerraExiste

A Amigos da Terra Brasil vem sofrendo um ataque do governo Bolsonaro: a tentativa de despejo da Casanat, onde funciona o escritório da organização em Porto Alegre. Cedido pelo Patrimônio da União em 2004, o local era antes um imóvel às ruínas em um terreno abandonado. Hoje, é um espaço recuperado, modelo de sustentabilidade em meio urbano. Ali, ocorrem oficinas, feiras agroecológicas, rodas de conversa e diversas outras atividades abertas ao público. A Casanat ainda abriga o Centro de Documentação Magda Renner, vasta biblioteca com o memorial do ambientalismo gaúcho e brasileiro. Participe desse abaixo-assinado em solidariedade à Amigos da Terra Brasil e à pauta ambiental, tão atacada pelo atual governo! Seu apoio é importantíssimo!

“Declaro aqui o meu apoio à organização Amigos da Terra Brasil, por seu histórico de atuação em prol da ecologia e da justiça ambiental e pelas atividades de interesse público desenvolvidas no espaço da Casanat em Porto Alegre”

Clique aqui para assinar.

Vídeo Novo: Horta Comunitária Agroecológica na Uergs em Erechim/RS

Registros do Projeto Horta comunitária com base agroecológica da Uergs/Erechim, ligado ao Curso Bacharelado em Gestão Ambiental, como atividade relacionada ao componente “Elaboração e Análise de Projetos”, coordenado pelo Prof. Dr. Roberto Serena Fontaneli. Atividades do dia 14/12/2019: 1. café da manhã com o Padre Anderson Faenello da Paróquia São Cristóvão, que foi convidado para conhecer o Projeto e a se integrar a ele juntamente com a comunidade da sua Paróquia; 2. visita aos moradores do entorno da Uergs, distribuindo hortaliças, mudas de ora-pró-nóbis e o convite para participação – a partir de 04 de janeiro – da construção da horta comunitária no pátio da Uergs. Esse Projeto servirá para envolver a comunidade no desenvolvimento de práticas agroecológicas na implantação da horta.

CRÉDITOS Gravação no dia 14.12.2019 – Local: Uergs Erechim e vizinhança. Depoimentos: Padre Anderson Faenello – Paróquia São Cristóvão. Prof. Dr. Roberto Serena Fontaneli – Docente da Uergs/Erechim. Sra. Maria da Silva Acadêmicos: Edicarla Vandrusculo; Edivane Novaes dos Santos; Elisângela Sotoriva; Jordana Sousa Melo Stachelski; Márcio André Sóbis; Participação do Projeto: Adriana Onetta; André Jacoboski; Edicarla Vandrusculo; Edivane Novaes dos Santos; Elisângela Sotoriva; Jordana Sousa Melo Stachelski; Márcio André Sóbis; Matheus Kettl. Imagens e Edição de Vídeo: Profa. Dra. Ana Carolina Martins da Silva – Docente da Uergs/Erechim. Trilha Sonora: My Town Yo Town – Doug Maxwell / Media Right Production. -Mídia Livre – Biblioteca de Audio do Youtube. Erechim – RS – Brasil 16.12.2019

Audiência Pública em Defesa da Educação Pública – Erechim/RS – 24/09/2019.

Esse vídeo tem por objetivo popularizar a valorização da Educação Pública, Popular, de Qualidade e Gratuita.

Créditos

Os depoimentos gravados ao vivo (com uso de celular) na Audiência Pública em Defesa da Educação Pública – Erechim/RS, em  24/09/2019:

Douglas Cenci – CONSELHO COMUNITÁRIO DA UFFS – ERECHIM; Eduardo Angonesi Predebon – Diretor IF/Erechim; Gerônimo Prado – Diretor Regional da Uergs – Campus III; Grasiele Berticelli – Representante dos Estudantes da UFFS e integrante do MAB – (Errata: O nome de Grasiele está equivocadamente legendado como Grasiela.); Helenir Aguiar Schürer – Presidente CPERS; Luís Fernando da Silva – Diretor do Campus UFFS/Erechim.

Imagens de capas de Jornais e de algumas manifestações de estudantes foram coletadas da Web via Busca Google; Locução, imagens dos eventos (audiência e caminhada) e edição: Ana Carolina Martins da Silva – UERGS Erechim; Os textos usados na locução foram a soma de fragmentos de manifestos populares pró-Educação Pública; Trilha sonora: Lonesome road blues – The Blue Ridge Due (Gene Austin and George Reneau) Biblioteca de Audios livres – Youtube; Locais: Câmara dos Vereadores de Erechim/RS e Av. Sete de Setembro – Erechim/RS. Movimento em Defesa da Democracia, Educação Pública e Direitos Sociais. Erechim – 15/10/2019. Dia dos Professores e das Professoras

Instituto Curicaca comenta a MP da Liberdade Econômica – Confira.

MP da Liberdade Econômica, que está tramitando batido na Câmara dos Deputados, estabelece o licenciamento ambiental automático por decurso de prazo, ou seja, se o órgão licenciador não se manifestar em um determinado tempo, bummmm, tá licenciado.

É interessante saber que, muitas vezes, a demora no processo se deve a um serviço de baixíssima qualidade prestado pelas empresas de consultoria – falta de informações, documentos, etc. E que o desmantelamento dos órgãos de licenciamento com poucos técnicos, baixa disponibilidade de veículos, combustível e diárias para vistorias de campo, aumenta ainda mais o conveniente argumento pela celeridade. Instituto Curicaca.  (Em 14.08.2019).

Clique aqui e saiba mais.

O texto-base na da medida provisória da Liberdade Econômica, aprovado na noite desta terça-feira (13) no plenário da Câmara, cria um tipo de autorização para funcionamento de empreendimentos que pode, na prática, servir como uma modalidade de licença ambiental automática. A avaliação é do deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP), presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara. (  

Clique aqui para saber ainda mais.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (13) o texto-base da MP da Liberdade Econômica. Apelidada de minirreforma trabalhista pela oposição, a medida provisória foi aprovada por 345 votos a 76 com uma abstenção, após perder pontos polêmicos como a anistia das multas da tabela de frete e o fim das regras trabalhistas para quem ganha mais de 30 salários mínimos. O trecho mais questionado pelos deputados, que é a liberação dos trabalhos aos domingos e feriados, contudo, foi mantido. Essa e outro tema deve ser debatido nos destaques, que serão votados nesta quarta-feira (14). Veja abaixo como os deputados votaram.

O texto-base da medida provisória, que agora precisa ser aprovada pelo Senado até o próximo dia 27 para não caducar, foi votado nesta terça graças a um acordo costurado entre os deputados e o governo. Depois de criticar os excessos da medida provisória, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pediu que o relator tirasse alguns pontos que não constavam no projeto inicial do governo e concordou com o pedido da oposição de fazer votação nominal em todos os destaques que foram apresentados ao texto. (  

Clique no nome do Chargista e conheça mais sobre ele:  Genin.