Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Ativista Social. Bonequeira.

Arquivo para a categoria ‘Uncategorized’

Imagem

Feliz 2018!

Anúncios

Maister F. da Silva faz análise de conjuntura no SUL21, confira.

É com alegria que replico a matéria do SUL21 pelo Maister, que pela força que a vida tem, foi meu educando em dois momentos distintos de nossas vidas. Fala, Maister!

Em três atos, os golpistas têm dono (por Maister F. da Silva)

O governo golpista de Michel Temer tem dono, aliás, mais de um dono, foi alçado ao poder para operar a agenda ultra-conservadora dos barões do capital, tendo como principal acionista o mercado financeiro. Tal como o Executivo tem dono, a maioria do Congresso também, a diferença é que ali os atores são muitos e operam por empreitada, cada empreitada tem seu preço, o que por vezes dificulta o pagamento da conta por parte do executivo golpista.

No último dia 13 de dezembro, semana derradeira para iniciar as discussões e votar a Reforma da Previdência em 2017, o governo protagonizou, em três atos, um festival informações desencontradas, tendo como porta vozes três importantes atores do golpe, o vaidoso Romero Jucá, o CEO do capital financeiro no governo Henrique Meirelles e o chefe do Palácio do Planalto, o presidente biônico Michel Temer. Numa corrida de olhos pelos três atos, podemos notar que o governo chancela quem manda e quem obedece, sem nenhuma preocupação com o que a reforma implicaria de retrocesso para o povo brasileiro.

Clique aqui para ler a matéria completa.

Domingo – Dia do Senhor – Aleluia!

Amado e amigo Deus, bom dia.

Domingo é teu dia e dia de agradecer. Eu tenho muito a agradecer. Agradecer a vida de meu pai e de minha mãe, cujo retorno a sua cidade foi bom e tranquilo. Agradecer pelos meus irmãos e irmã, tão amorosos e cooperativos na manutenção da vida de nossos pais, tão amados, zela por eles, Deus. Agradecer por ter conseguido encerrar as aulas do semestre letivo – como docente e como aluna. Agradeço a vida de minhas filhas e por elas estarem cada vez mais autônomas, seguras de si. Agradeço por estar conseguindo servir a ti e à natureza via MEG, Senhor, qualifica meu trabalho. Deus amado, proteja a todos os seres desse planeta da fúria humana. Proteja a natureza desse ser lindo, mas tão imperfeito, que está acabando com o Planeta. Senhor, meu Deus, e se for possível, me guia nessa encerramento de documentação e de ano, para que eu possa eu  possa desempenhar bem a tua missão. Proteja-me também, Deus, das dores da solidão. Te amo.

 

Ambientalistas: apuração JÁ – de atos de improbidade pela Prefeitura de Porto Alegre

A Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), a Associação Sócio-Ambientalista (Igré), o Instituto Gaúcho de Estudos Ambientais (Ingá) e a União Pela Vida (UPV) divulgaram nota, nesta sexta-feira (24), para marcar a passagem de um ano sem reuniões do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre (Comam). A data de hoje também marca seis meses da posse do atual titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams), Maurício Fernandes da Silva. Na página da secretaria, a última ata de reunião do Comam disponível é do dia 31 de março de 2016.

A nota assinala que caberia ao secretário, que é o presidente do Comam, marcar e convocar as reuniões, conforme art. 2º, II do Regimento Interno do Conselho (Decreto Municipal nº 11.638/96). No entanto, assinalam as entidades, em todo este período de seis meses, o secretário não marcou nenhuma reunião do Conselho. “Assim, ao impedir a sociedade civil e a população em geral de participar das decisões sobre o meio ambiente, os gestores públicos demonstram o seu desprezo pelos valores democráticos, desrespeitando a Constituição e as leis”, criticam.

Os ambientalistas chamam a atenção para a gravidade da situação, lembrando que uma das principais atribuições legais do Comam é definir as diretrizes de aplicação dos recursos do Fundo Municipal Pró-Defesa do Meio Ambiente (Fumproamb), bem como fiscalizar sua aplicação. “Os gestores estão descumprindo as diretrizes definidas pelo Conselho para a aplicação dos recursos do Fumproamb no ano de 2017, o que explica a sua atuação de impedir a fiscalização que deveria ser realizada pela sociedade através do Comam”, diz a nota.

O governo municipal, assinalam ainda as entidades, editou pelo menos três decretos de abertura de créditos suplementares, somando valor de R$ 4.388.075,00 (quatro milhões trezentos e oitenta e oito mil reais e setenta e cinco centavos), “descumprindo as diretrizes estabelecidas para o uso do Fumproamb além de violar diversas das normas legais municipais”.

Integrantes das entidades que assinam a nota estiveram, no final da tarde desta sexta, com o procurador-chefe do Ministério Público de Contas, Geraldo da Camino, e solicitaram “a apuração de atos de improbidade administrativa e ilícitos criminais pela atual gestão municipal, visando evitar que sejam cometidas mais irregularidades que prejudicam, de diversas formas, a qualidade de vida dos cidadãos e do meio ambiente”

Fonte: Sul21

VII SIEPEX da Uergs – mais um ano de Ensino, Pesquisa e Extensão integrados nas comunidades.

Em Tapes/RS, muita movimentação em termos de Uergs nessa semana que se encerra Clique aqui e veja o registro fotográfico oficial do evento. Segundo informações oficiais da IES:

Ao longo dos três dias, foram expostos cerca de 500 trabalhos de forma oral e em pôsteres. Receberam destaque os estudantes que obtiveram a melhor nota e a indicação dos membros da banca pela apresentação oral do melhor trabalho, por sala. Na avaliação dos pôsteres, nove receberam destaque. Na Jornada de Pós-Graduação, foram apresentados 32 trabalhos, dos quais seis receberam menção honrosa. (Uergs Oficial).

Cartaz 7º SIEPEX Uergs

O Curso de Letras da Uergs (unidade em POA) participou com diversos trabalhos, ganhando uma menção honrosa com o trabalho do Grupo de Pesquisa Coordenado pela profa. Ana Maria Bueno Accorsi, apresentado pela bolsista Lindseiara de Oliveira Peres, do qual também faz parte a acadêmica bolsista Débora Cardoso Rego, que também fez apresentação oral: DIGITALIZAÇÃO DO PERIÓDICO REVISTA INFANTIL CACIQUE. Na área da Pós-Graduação, profa. Sippert e seus bolsistas, com o seu fantástico jornal “Metamorfose! também ganhou menção honrosa: Daiane Weiss, Juliana Sott, Flávia Gomes, Mastrângello Enívar Lanzanova, Luciane Sippert – Trabalho: JORNAL METAMORFOSE: IMPORTANTE FERRAMENTA DE INFORMAÇÃO, DIVULGAÇÃO E GERAÇÃO DE APRENDIZAGENS NA UERGS – Ano 4. Parabéns a essas e as outras colegas que – no conjunto de todas as suas responsabilidades – conseguiram inserir a participação de seus orientandos em um evento tão importante para a Uergs. Agradeço e parabenizo também à profa. Magali de Moraes Menti, que orientou o trabalho: “O PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA: FORMAÇÃO, PRÁTICAS E DEMANDAS”. Apresentado por Ariel Gonçalves Borges, e Gabriella Machado Guimarães Firmino.

Letras da Uergs no 7º SIEPEX

Dos meus orientandos, alguns não puderam comparecer, mas tiveram seus trabalhos publicados nos Anais do Evento, o que já faz com que estejam de Parabéns! Meio caminho andado é muito mais do que nenhum caminho: POSTER: Gestão de Eventos em “Práticas leitoras em múltiplas linguagens e Bibliodiversidade” – 2017 – na 63ª Feira do Livro em Porto Alegre / RS. Fernando Rosa da ROSA, Juliana Camargo Fagundes; COMUNICAÇÃO ORAL: A importância da leitura para a produção textual coesa e coerente e a Feira do livro de porto alegre/RS. Luiz Eduardo Menezes GOMESCOMUNICAÇÃO ORAL: As variações lingüísticas, na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – Campus Central, relacionadas à identidade social. Francis Silveira de Vasconcelos; 

Parabenizo, em especial, meus orientandos que conseguiram completar todo o caminho:

COMUNICAÇÃO ORAL: A atualidade da poesia de Solano Trindade e a realidade do negro no Brasil de hoje. Maister Freitas da SILVA1Ana Carolina Martins da SILVA2 – Acadêmico, Curso de Administração: Sistemas e Serviços de Saúde. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS); Professora orientadora. Unidade de Porto Alegre. UERGS.  (ENSINO – LITERATURA). CLIQUE AQUI PARA LER O RESUMO.

COMUNICAÇÃO ORAL: Construção de texto narrativo: da entrevista para uma história. Camilo Pereira BALESTRO1; Ana Carolina Martins da SILVA2.[1]Acadêmico, Curso de Letras – Licenciatura em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs); 2Professora orientadora. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) – Unidade em Porto Alegre.  (ENSINO – LINGUÍSTICA). CLIQUE AQUI PARA LER O RESUMO.

COMUNICAÇÃO ORAL: A LITERATURA ALEMÃ DE IRMÃOS GRIMM NA INTERFACE INTERTEXTUAL DA BRASILIDADE DE MONTEIRO LOBATOJoão Batista da Silva GOULART1; Vinicius da Silveira SURIS2; Ana Carolina Martins da SILVA3 – 1Acadêmico, Curso de Letras. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs);Acadêmico, Curso de Letras. Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs); 3. Professor orientadora. Unidade de Porto Alegre. Uergs. (ENSINO – LITERATURA). CLIQUE AQUI PARA LER O RESUMO.

COMUNICAÇÃO ORAL: A BIBLIOTECA NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL: O ACESSO DAS CRIANÇAS E SUA UTILIZAÇÃO PELOS EDUCADORES . Grasiele Clack Schumacker¹, Me. Ana Carolina Martins da Silva² – ¹ Graduada em Pedagogia: Habilitação em Educação Pré-Escolar (PUC – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 1997); Especialista em Elaboração e Monitoramento de Projetos Sociais para Mais Educação (UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – 2013); Especialista em Teoria e Prática da Formação do Leitor (Uergs – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/ Porto Alegre/RS – 2017). Docente do Magistério Público de Porto Alegre/RS, exercendo cargo de Direção de Escola de 2017 – 2019, residente na rua dolores duran, 1584/104 Agronomia Porto Alegre -RS CEP 90540-220 ; ²  Professor orientador. Unidade de Porto Alegre. UERGS.   (MEMBRO COMUNIDADE – III JORNADA DE PÓS GRADUAÇÃO). CLIQUE AQUI PARA LER O RESUMO

Grasiele Clack Schumacker Uergs

Galeria com diversas fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Assine a Petição do Greenpeace: Defenda os Corais da Amazônia!

Defenda os Corais da Amazônia

Mais de 1,3 milhão de pessoas, inclusive cientistas do mundo, já pediram para a empresa francesa Total desistir de explorar petróleo perto dos Corais da Amazônia, no norte do Brasil. Até o Ibama já rejeitou o estudo de impacto ambiental que a petrolífera fez.

A Total, no entanto, ainda não desistiu desse plano absurdo. E para deixar ainda mais claro que não o aceitamos, precisamos de muito mais pessoas ao nosso lado. Assine a petição e defenda os Corais da Amazônia!

Atenda o chamado do Greenpeace,  clique aqui e assine a Petição.

Campanha do Greenpeace Defenda os Corais da Amazônia

Meu abraço ao Greenpeace – pela perda da querida companheira Carolina Nyberg-Steiser!  Clique aqui e saiba mais.

Terapia? Escreva!! Dicas da Richele Schwartzhaupt!

Esse encontro do Leia Mulheres vai trabalhar com fragmentos do livro de Richele Schwartzhaupt: “Terapia? Eu vou é escrever!”. Leia Mulheres é um clube de leitura focado em obras escritas por mulheres.Diz a autora: “Nosso objetivo é fomentar a presença da mulher na literatura através da leitura e discutir obras de autoria feminina.”

O encontro ocorrerá na quarta-feira (25 de outubro) às 17:00 – 18:00. No IFRS – Campus Viamão.

Projeto baseado no livro de Richele Schwartzhaupt.