Ana Carolina Martins da Silva. Educadora. Ambientalista. Poetisa. Bonequeira.

Posts marcados ‘Leonardo Melgarejo’

Vídeo com Leonardo Melgarejo -UFFS/Erechim – Agrotóxicos e Agroecologia em debate

Leonardo Melgarejo – UFFS/Erechim – Agrotóxicos e Agroecologia em debate

Confira!

Registros do Seminário regional sobre os impactos dos agrotóxicos e dos transgênicos – UFFS/NAAU. (Realizado nos dias 11 e 12 de junho de 2019).

Fragmentos: Abertura:  Ingrid Margarete Giesel, Coordenadora do CAPA – Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia; “Impactos dos agrotóxicos”, com o engenheiro agrônomo Leonardo Melgarejo (vice-presidente Região Sul da Associação Brasileira de Agroecologia/ABA e membro da Associação Gaúcha de Proteção ao Meio Ambiente Natural/AGAPAN); e “Impactos dos agrotóxicos na água”, com a bióloga Cláudia Santin Zanchett (Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano/Vigiagua/Ministério da Saúde), 11a Coordenadoria Regional da Saúde (CRS/Erechim)

Imagens no vídeo da manhã e Edição: Profa. Ana Carolina Martins da Silva – Uergs/Erechim; Imagens da Mesa de Abertura:  Gabriela Mariga, Acadêmica de Gestão Ambiental/Uergs;  Imagens da tarde: Assessoria do Vereador Lucas Farina (Erechim/RS). Local: Universidade Federal da Fronteira Sul – Auditório do Bloco A. Erechim/RS.

Imagem

Importante evento 27/10 – na FIERGS/POA: Alimentação Saudável!! POA.

O Evento acontecerá na FIERGS – Porto Alegre. Endereço: Av. Assis Brasil, 8787 – Cristo Redentor, Porto Alegre – RS, 91010-971.- Telefone:(51) 3347-8787

Clique aqui e saiba mais!alimentacao-saudavel

Melgarejo e Feira de Sementes Crioulas – dia 08 de outubro – na r. Fernando Machado, 480, POA – A partir das 15h

VALE A PENA CONFERIR!!

feira-de-produtos-sem-veneno

Audiência Pública sobre a Fundação Zoobotânica/RS: vídeo.

NOVO!!

Vídeo 3:  Depoimentos de Ambientalistas, e sociedade em geral, contra o PL 300/2015 que extingue a Fundação Zoobotânica do RS: Arisa Araújo da Luz, Claralua /Colégio Bom Jesus, Fernando Campos Costa, Juliano Frakedin, Leonardo Melgarejo, Lisiane Becker, Ludwig Buckup, Marco Aurélio Azeredo.
Imagens e Edição: Ana Carolina Martins da Silva (APEDEMA/RS)
Fotos: Cesar Cardia e ACMS
Imagens da Claralua: Assessoria Dep. Adão Villaverde
Gravado na Assembleia Legislativa do RS e em frente ao Palácio Piratini. 20/08/2015.

Confira os outros vídeos produzidos por este blog sobre o tema:

Vídeo 2: Registro do evento da AGAPAN e dos Movimentos Sociais contra a Extinção da Fundação Zoobotânica! CLIQUE AQUI!

Depoimentos importantes e pessoas qualificadas no setor contra o PL 300/2015 que extingue a  Fundação Zoobotânica do RS: Alexandre Krob, Cássio Rabuske da Silva, Edi Fonseca, Fabiano Roldão Silveira, Leonardo Melgarejo, Paulo Brack, Paulo Ott, Pedro Marodin e  Sofia Cavedon.

Trilha sonora: Vozes dos Manifestantes e interpretação de Giordanna Bastos da Motta para Imagine de John Lennon – Local: Jardim Botânico de Porto Alegre/RS – Imagens e Edição: Ana Carolina Martins da Silva – AGAPAN – APEDEMA –  MOGDEMA/RS

Vídeo 1:  Esclarecimentos sobre a importância da FZB para o RS e o pedido de apoio contra a proposta de sua Extinção e a demissão de seus funcionários, pelo atual Governo Estadual, como “estratégia” de economia financeira. CLIQUE AQUI.

Depoimentos, imagens e Edição: Prof. Dr. Paulo Brack (UFRGS), representante do INGÁ/RS na Coordenação da APEDEMA/RS; Profa. Me. Ana Carolina Martins da Silva (UERGS), associada da AGAPAN/RS, do GESP/RS e da ASPAN/RS, entidades membros da APEDEMA/RS.

Audiência Pública sobre a extinção da FZB – Breve Relato.

AUDIÊNCIA
Como sabem, nesta quinta-feira (20), às 9h, na Assembleia Legislativa, houve a Audiência Pública sobre a extinção da FZB, com o objetivo de promover um amplo debate público com a sociedade sobre a importância da FZB para a gestão ambiental e proteção da biodiversidade do Estado.
A Audiência seguiu aqueles trâmites já conhecidos, apresentação de falas das representações, COM DEFESA E RESUMO DAS FUNÇÕES DA FZB, BEM COMO, SUA VIABILIDADE DE ESTRUTURA E FINANCEIRA, encaminhamento de um manifesto e proposta dele ser recebido pelo Gov. do Estado sendo costurada em paralelo. Este contato aconteceu no final da audiência.
COMISSÃO:
O Deputado Villaverde, em conjunto com a mesa, elaborou uma Comissão para participar deste momento, na qual estiveram incluídos algumas entidades do Movimento ambientalista, tais como a AGAPAN e a APEDEMA, além de representações dos funcionários da FZB, enfim, pessoas ligadas à Universidades. .
CAPÍTULO A PARTE PARA O PROF. BUCKUP!
Coisa mais linda do mundo. Ele foi falar sobre as origens da FZB e foi aclamado. Foi um momento histórico e lindo de se ver!! Infelizmente, o deputado que estava presidindo a audiência pediu que ele encerrasse a fala e o auditório foi à loucura! Obviamente, pela sua grandeza, ele não abusou disto e permitiu que as outras inscrições se concretizassem. Ele Também foi destaque na Comissão que participou da reunião com o Governo do RS.

Audiência FZB Ludwig Buckup
RESULTADOS:
Os representantes do Governo se colocaram como “transportadores de mensagem”. Foram educados, gentis, receptivos e tudo mais, porém, em nenhum momento demonstraram alguma decisão. Apenas se comprometeram em entregar a mensagem ao Governador Sartori e à Sec. Pellini.
Foi pedida a RETIRADA DO PROJETO. A sec. Adjunta da SEMA não mencionou que seria retirado, mencionou que era necessário que a FZB sofresse algumas “adequações” pelo tempo em que está atuante, mas disse que iria repassar o assunto para a Secretária.
A certeza, dentre os membros daquela Comissão provisória, foi de que A PRESSÃO TEM DE SER MANTIDA E DEVE CONTINUAR. VER AGENDA DE MOBILIZAÇÃO COM O MOVIMENTO.
OBs.
Mais detalhes via comissão própria de mobilização. Eu fiz parte da Comissão provisória representando a APEDEMA/RS (Pois faço parte da AGAPAN/POA, ASPAN/SBorja e GESP/PFundo), em virtude do prof. Brack, da nossa Coordenação, estar em viagem a trabalho. Assim, termino este breve relato.

Auditório Foto Cesar Cardia

Foto Cesar Cardia 20.08.2015

Melgarejo Foto Cesar Cardia

Leonardo Melgarejo – Presidente da AGAPAN/RS. Foto Cesar Cardia

AGAPAN e sua nova Coordenação! Vida longa e muita força para a AGAPAN!

Os associados da Agapan elegeram nesta sexta-feira (10) os membros da Diretoria, do Conselho Superior e do Conselho Fiscal da entidade para o biênio 2015/2017. 

O engenheiro agrônomo Leonardo Melgarejo assumirá a Presidência ao lado do Vice-Presidente Roberto Rebés Abreu, do Secretário-geral Heverton Lacerda, reconduzido ao cargo, do 1º Tesoureiro Alfredo Gui Ferreira, que deixa a presidência após dois anos a frente da entidade que ajudou a fundar, em 1971, e da 2ª Tesoureiro, Miriam Ângela Löw.

Clique aqui e leia a reportagem completa!

Nova Direção AGAPAN 2015

 

A Comunidade Européia e os Transgênicos por Leonardo Melgarejo

A Comunidade Européia e os Transgênicos

Por 480 votos a favor, 159 contra e 58 abstenções a União Européia (EU) alterou sua política para os produtos transgênicos. Agora cada país decide autonomamente, se o plantio será ou não permitido, em seu território, estabelecendo critério de flexibilidade que pode vir a ser estendida a outras políticas da EU.

No caso dos transgênicos fortes resistências na França, Alemanha, Noruega, Áustria, Hungria e Noruega se confrontam com posições favoráveis de Portugal, Espanha e Inglaterra e envolvem preocupações ambientais além de dúvidas quanto à suficiência dos estudos disponíveis, assegurando inocuidade ao consumo.

Transgênicos NÃO

Na nova legislação as proibições podem se dar por aspectos socioambientais, relacionados aos preços da sementes e impraticabilidade de assegurar direitos de agricultores que não desejem ter suas lavouras contaminadas, em vistas da inviabilidade das medidas de coexistência até aqui preconizadas, ou por preocupações com a saúde, expressas por consumidores. Além disso, as lavouras organicas e convencionais não deverão ser contaminadas e esta eventual contaminação não poderá ocorrer de forma transfronteiriça, alcançando países que não aprovem o plantio. Percebe-se, considerando lavouras de polinização aberta (dependentes do fluxo de pólem pelo vento e por insetos) como o milho, que as dificuldades de controle da contaminação são muito relevantes, sendo este um dos motivos para decisão coletiva, que até semana passada envolvia toda UE.

É possivel supor que com o tempo esta decisão levará o “fato consumado” da expansão dos cultivos transgenicos a todos os países da União Européia, enfraquecendo os laços de solidariedade entre os países membros, com benefícios evidentes para os interesses de empresas como Monsanto, Syngenta e Bayer, entre outras.

Atualmente o milho MON810, da Monsanto, é a única especie transgênica cultivada na União Européia. No Brasil já são registrados casos de insetos resistentes á proteína inseticida presente naquela variedade. No Canadá foi identificada a presença daquela proteina no sangue de bebes em amamentação e gestação. Não existem estudos de longo prazo, ou com animais em gestação comprovando a inocuidade daquela proteína, para a saúde humana e animal.

Eng Agronomo Leonardo Melgarejo, sócio da Agapan.